• (51) 3221-9565 / (51) 3279-6595 / (51) 99214-9690

  • Facebook Instagram

Implantes Osseointegrados: confiança ao sorrir!

Assunto de hoje: Implantes Osseointegrados

Implantes Osseointegrados são pequenos parafusos de titânio introduzidos cirurgicamente nas áreas desdentadas que substituem as raízes perdidas. Sobre eles são instalados dentes de porcelana ou acrílico (prótese dentária).

0 que existe de diferencial no titânio?
O titânio não sofre corrosão quando inserido no corpo humano e não apresenta fenômenos de rejeição imunológica, facilitando a adaptação do paciente.

Em que situações não deve ser colocado?
Não deve ser realizado em pacientes com determinados problemas de saúde ou que tomem medicações específicas que contra-indiquem cirurgias orais. E, em casos onde não houver espessura e altura óssea suficientes para acomodar os implantes, técnicas de enxerto ósseos são necessárias previamente à cirurgia ou junto à colocação dos implantes.

E quanto à idade, há restrições?
A partir da puberdade qualquer pessoa pode receber implantes e não existe limite de idade, apenas estar em boas condições de saúde geral. O importante é devolver a alegria de sorrir ao paciente e restabelecer suas funções bucais.

Quanto tempo dura a cirurgia para instalar o implante?
Depende do número de implantes a serem colocados, porém, normalmente, entre 60 a 90 minutos. Somente em casos excepcionais esse tempo é estendido.

Do que depende o sucesso do implante?
De vários fatores, mas o principal é a observância do protocolo (receita completa de como e quando se faz o implante). O profissional deve ser meticuloso e treinado na técnica. Procure sempre um dentista especializado na área.

Custa caro?
O implante é um investimento em saúde. Adiar a colocação, por razões financeiras, é melhor do que colocar um sistema de qualidade inferior e não confiável. Não procure apenas pelos tratamentos mais baratos. Tente sempre unir a confiabilidade a uma boa proposta financeira.

Post_17_09_Implante

Implantes Dentários

Implantes dentários são suportes fixados por meio de uma cirurgia ao osso maxilar (abaixo da gengiva) com o fim de substituir as raízes dentárias. Normalmente são mais caros que outros métodos de substituição dos dentes, mas são uma alternativa para quem não é um candidato ou não consegue se adaptar às protéses e dentaduras comuns. Para colocá-lo não é necessário preparar ou desgastar um dente natural para apoiá-lo, mas é preciso ter gengivas e ossos saudáveis. Para saber mais, consulte seu dentista.

O Melhor Sorriso na Melhor Idade

Hoje chegar à terceira idade marca um recomeço da vida. Por isso, a saúde bucal é de extrema importância e as atuais técnicas aplicadas à odontologia permitem não apenas restabelecer a mastigação e melhorar a saúde bucal, mas também, aumentar a autoestima e a qualidade de vida.

Aposentadoria da Dentadura.

Existem no mercado implantes e os mais variados materiais restauradores que servem para ampliar a gama de possibilidades de reparo dos dentes em situação de comprometimento. Assim, a velha dentadura vai dando espaço a soluções mais modernas e de melhor adaptação para os pacientes. Algumas pessoas conseguem se adaptar mais rápido e até mesmo de forma mais longeva com a dentadura comum, mas, em alguns casos, ela pode se tornar um transtorno.

No caso de quem tem diabetes, por exemplo, os efeitos de boca seca são mais intensos e tornam quase insuportável o convívio com dentaduras pela ausência da saliva. O uso de saliva artificial, o controle médico do açúcar no sangue e uma readaptação da prótese total podem ajudar a melhorar a relação do paciente com sua dentadura.

Para atenuar esses efeitos de vez e dar aos pacientes uma vida mais confortável e prazerosa, a dentadura fixa sobre implante está se mostrando a melhor opção. Ela também pode ser colocada em pacientes mais velhos, desde que tenham condição de saúde e disponibilidade de osso compatível com esse objetivo. Dessa forma, devido ao aprimoramento técnico e científico da odontologia, as velhas dentaduras é que vão se aposentar.

Dicas para chegar à melhor idade com o melhor sorriso:

– Visitas periódicas ao dentista;
– Higiene Bucal com escovas adequadas;
– Uso de substâncias bucais prescritas;
– Consumo adequado de água;
– Evitar alimentos doces, bebidas alcoólicas, cigarro e outros excessos;
– Apresentar ao seu dentista o médico responsável por sua saúde e disponibilizar seus contatos.

Adaptado de Guia Digital Odonto

Implantes dentários X manutenção

Engana-se quem pensa que os implantes dentários não necessitam de revisão.

A manutenção gengival e descontaminação semestral dos dentes é essencial para a preservação da saúde bucal.

Nestas consultas de revisão, o profissional irá realizar uma profilaxia e também dar orientações para uma higiene bucal adequada.

Existem muitas opções de instrumentos para realizar a higiene bucal de pacientes com implantes.

Faça uma consulta na OIRS e receba a orientação correta!

Implante Unitário

2644033654_da3fb6f435

Quando existe um dente ausente, a melhor opção para repô-lo é por meio de um implante dentário. O implante apresenta diversas vantagens em relação às demais alternativas de tratamento, entre elas:
• Os dentes vizinhos permanecem intactos.
• O dente é preso somente no implante o que possibilita a utilização do fio dental como em um dente natural.
• Resultados estéticos e funcionais excelentes.
• Rapidez e praticidade no tratamento pois as peças utilizadas são pré-fabricadas (4 sessões).
• Não sofre de doenças como cáries e infiltrações.
• Em alguns casos é possí­vel instalar um dente provisório logo em seguida da colocação do implante.
• A instalação de um implante paralisa o processo de atrofia óssea que ocorre em regiões desdentadas.

logo 2

A OIRS oferece tratamento especializado na área de Implantodontia.

Agende sua avaliação: 3221-9565

×
Olá! Como podemos ajudá-lo?
Entre em contato diretamente pelo WhatsApp clicando no botão abaixo ou pelo (51) 99214-9690.